terça-feira, 25 de maio de 2010

Aleatoriedades da Fisk (O Retorno dos Desocupados e Desocupadas).

Parte II - Considerações sobre o Acre.
(Lembrando que isso ocorreu há um milhão de vidas atrás e minha memória é terrível).


O diálogo suscedeu-se mais ou menos assim:
(Nota: o começo do diálogo foi perdido devido ao mal de Alzheimer que por acaso é só desculpa pra memória ruim da que vos escreve)


"Eu acho que o Acre é o mundo dos mortos."

"Ah, é? E como vamos ter certeza?"

"Sei lá, você não tava psicografando agora há pouco? Pergunta aí pra minha bisavó se o lugar pra onde ela foi depois de morrer foi o Acre."

"E qual o nome da sua avó?"

"Ahn, pergunta aí pela 'Maria mãe do Seu Mané'."

"Ah, Maria-mãe-do-Seu-Mané? Nossa, vai ajudar pra caramba! E aí, Maria mãe do Seu Mané, cê tá por aí?"

"Eu não lembro o nome dela, ué. Mas tenho certeza de que ela tá no Acre a uma hora dessas."

"Tá nada, o Acre não existe."

"Claro que existe, acabei de falar que ele é o mundo dos mortos!"

"Que mané mundo dos mortos, tá doida? Ela é só invenção."

"Então, eu acho que o Acre é o Eldorado. Saca, civilização perdida, ninguém nunca achou. Ou talvez ele tenha sumido, tipo Atlântida."

"Ah, então o Acre afundou e é na verdade Atlântida?" (Nota: Sintam a ironia dela nessa frase).

"É, é o que eu acho. O Acre existe, sim. Só que ninguém achou ainda."

"Mas sabe que é mesmo suspeito essa coisa do Acre? Tipo, quem prova que ele existe?"

"É mesmo. Eu já conheci, pela internet, gente do país inteiro, mas nunca do Acre."

"E assim, eu já vi reportagens sobre o Acre, mas nunca no Acre."

"Porque ele não existe."

"Pára de falar que ele não existe! Ele tá lá, só não acharam ele ainda!"

"Ah, só falam que o Acre existe pra deixar o Brasil maior."

"Mas a gente até gastou uns burros comprando ele da Bolívia..."

"Que nada! Por mim, devolvia o Acre pra Bolívia. Ela também não existe, mesmo."



(E o Diálogo se encerra aí porque imaginar que a Bolívia talvez também não exista foi tenso.)
(E sim, as falas de amarelinho são minhas ♥)

4 comentários:

Sophie Freiman disse...

E as minhas são quais?
Fiquei confusa lendo isso, eu nunca mais psicografei sobre Atlântida, vou trazer sua vó, ou vô ou um parente mais bizarro que não se chame 'Maria mãe do seu Mané'...usahsuahsuahs
Sophie Freiman

Sunrise disse...

Você é o marrom que devia ter sido vermelho [?] =P

Pois é, to com saudade da bisa, chama ela de novo um dia desses HUSHAUHSAUHSAU

Schneewittchen disse...

HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHHUAHUAHUAHUAHAHAHAHUAHUAHUAHUAHAUHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA!
O Acre foi fazer companhia para o Sacro Império Romano! -q

Saki Miyazawa Morgan disse...

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLE XD

Se eu disser que conheço um rapaz do Acre, você acredita? 8D

"O Acre foi fazer companhia para o Sacro Império Romano! -q"
SÁBIAS PALAVRAS, MANDOCA XD~ *capota*

Postar um comentário