quarta-feira, 23 de junho de 2010

This is easy as loving goes...



Ela já até sabia para onde iriam. Sempre iam para o mesmo lugar, afinal de contas. Ele gostava de lugares ensolarados, apesar de ela nunca ter entendido o porquê daquilo. Mas, na verdade, entendia poucas coisas sobre ele. E às vezes se sentia um pouco mal por saber que ele não lhe falava tudo o que ela precisava ouvir.

“Sabia que eu sempre sei o que você está pensando?” ele disse, de repente, enquanto a puxava pela mão em direção à mesa mais isolada do parque.

“Sabe, é?” ela perguntou, erguendo uma sobrancelha. Ele apenas riu um riso musical demais e meneou a cabeça afirmativamente. “Mas eu não sei o que você está pensando. Nunca.”

Ele fez silêncio e continuou puxando-a. Aquela mesa nunca pareceu tão distante e aquele parque nunca pareceu tão grande.

“É melhor assim.” Ele respondeu, e havia qualquer coisa estranha na voz dele. Lembrava uma melodia triste (ela sempre comparava a voz dele a melodias, e nunca entendeu bem aquilo. Talvez fosse por estar apaixonada).

“Eu...” não sabia como dizer aquilo. Mordeu o lábio. Haviam chegado à mesa. Ele se sentou de frente para ela, esperando que ela terminasse sua sentença. Mas, no fundo, ele sabia o que ela ia dizer. “Eu não acho. Porque eu não sei se você me ama como eu te...” teve sua boca coberta pela mão dele, que apenas sorriu um sorriso ensolarado e disse, num sussurro:

“Ouviu isso?”

“Isso o quê?” ela respondeu, tirando a mão dele de sua boca, e também sussurrando.

“Essa música. Ouça.” Ela fez silêncio e prestou atenção. Realmente, parecia haver uma música tocando. Música de um instrumento específico – a lira. Mas ela não conseguia fazer idéia da origem. Voltou seu olhar para ele e percebeu que era dele que a música parecia vir. Ergueu uma sobrancelha, confusa, e ele explicou, colocando a mão no próprio peito: “Vem daqui. E é para você. Isso é tudo o que precisa saber.”




[Tá, a Mandie gostou, é o que importa. -s

Te amo, vida ]

2 comentários:

Schneewittchen disse...

A Mandie [Também conhecida por Miss Solstice, Ás de Espadas, Sols, Polska, M's e Mys] não gostou, poxa. Você sabe disso.
A Mandie [Também conhecida por Miss Solstice, Ás de Espadas, Sols, Polska, M's e Mys] definitivamente, AMOU. ♥

Saki A. Lorinaitis disse...

E a Saki [Também conhecida como Saka, Rah, Miya, amor e o que mais você quiser] achou uma graça.

“Vem daqui. E é para você. Isso é tudo o que precisa saber.”
*morre e vai pro céu depois dessa*

Depois ainda digo que escrevo mal. Eu mereço essa? Q

Postar um comentário