quinta-feira, 25 de março de 2010

Nome





"Schneefall"

"Por que 'Nevasca'?" Perguntou, encarando-o com as sobrancelhas franzidas. Por que diabos Gilbert a havia comparado a uma nevasca? Não fazia muito sentido.


(Principalmente porque ele dissera isso com os braços ao redor de sua cintura e os lábios roçando o lóbulo de sua orelha, fazendo com que um arrepio delicioso corresse por suas costas).
"Bom, porque Nevascas são devastadoras e impossíveis de não serem notadas." e, trazendo-a mais para si, acrescentou, rindo: "E, também, apenas os mais incríveis conseguem sobreviver a elas."


"O que você quis dizer com isso?!" ela exclamou, dando um soco em seu ombro, rindo também.


(Ela sabia, que na verdade, ele estava apenas querendo dizer que daquele jeito ela seria só dele)



-




"Regenbogen"



"Eu ainda não entendo o que você tem com arco-íris." Ele disse, com os braços cruzados. Poderia estar fazendo outras coisas, mas ainda assim estava lá, observando o arco-íris com aquela garota estranha.

(E ela o obrigara a ficar a seu lado durante toda a tempestade, para que estivessem juntos quando o arco-íris surgisse. E ele gostara daquelas horas.)

"Ah, nunca ouviu dizer, Lud? Tem um tesouro no final dele! Eu queria poder subir no céu pra achar um tesouro lá! Você não queria?"

"Não preciso." ele respondeu, sem realmente pensar. Apenas se deu conta do que havia dito quando viu a expressão indagadora dela, e então achou melhor mudar de assunto.

(Ele não queria admitir, mas já havia encontrado seu tesouro.)

-





"太阳"

"Isso é muito romântico." ela disse, após encher-se de coragem e engolir em seco, sentindo-se nervosa. Seus dedos mal roçavam nos dele; ainda era difícil acreditar que estavam juntos vendo aquele pôr-do-sol.

(E ele não fazia ideia de como ela se sentia insegura com relação a tudo aquilo, porque ela sempre parecia segura. Mas aquilo também era novo para ele.)

"É mesmo, aru." ele respondeu, deitando-se na relva. "É um momento especial, aru." Ela deitou-se também, entrelaçando seus dedos com os dele, feliz porque ele concordava com ela.

(Mas não sabia que só era especial porque era ela quem estava lá.)

-

-

(Porque essas ela e ela ficam escrevendo coisas de surpresa e eu me sinto na obrigação de retribuir.)

2 comentários:

Saki Miyazawa Morgan disse...

Isso, isso mesmo. Aliada com a Schneewittchen pra me matar do coração. E ainda com uma drabble melhor que a minha ç_ç /foge com "Regenbogen"

Mesmo assim, me amo (te amo) cada vez mais, sabia?
*faz coraçãozinho com as mãos*

<3³³³³³

Schneewittchen disse...

Não creio. São quase onze da noite, estou morrendo de sono e tenho aula amanhã, mas me obriguei a vir aqui, porque eu tinha a sensação de que eu realmente precisava vir ver seu blog. E é isso o que encontro. Cacetada, meu dia estava péssimo, queria cortar os pulsos por diversos motivos. Mas você me salvou, sabe? Você e a Duende, porque vocês conseguiram em muito pouco tempo se tornarem assim, tão especiais. Tem ideia de como estou me sentindo? Todas as minhas fanfics pareceram um lixo agora, mas não dá para se importar com qualquer coisa enquanto se lê tal coisa tão absurdamente açucarada. Ainda mais com esses casais, que são partes das nossas vidinhas. Eu amo você, nanne. Amo mesmo, sei lá, você conseguiu uma amiga de verdade, tá? Conte comigo. E digo a mesma coisa da Saki. Minhas Lituânias. *-*
E AMANHÃ EU NÃO CONSEGUIREI ME CONCENTRAR NA AULA DE DUCAÇÃO FÍSICA E VOU LEVAR UMA BOLADA NA CARA POR CULPA DE VOCÊS DUAS, SAFADAS. REFLITAM!
Caramba, nem sei o que dizer, ficou lindo demais. Acho que se você voltar a dizer que não tem inspiração, eu vou até aí só para morder a sua mão. Está maravilhoso.
Beijos, Liet, beijos. Sério, eu nem sei o que dizer.
Obrigada, tá?

Postar um comentário